Notícias do Turismo
 

 

Família já viajou até o Paraguai com motorhome e dá dicas
Emílio e Carmelita Figueiroa, que participaram do 'É de Casa' sábado, 10/9, viajam com os dois filhos e listam vantagens: 'Economia e liberdade'

Família já viajou na Kombi até o Paraguai (Foto: Arquivo pessoal)

Uma kombi, uma família e a estrada pela frente. Eles mostraram no É de Casa que essa equação é possível e pode ser confortável. Emílio e Carmelita Figueiroa viajam com os filhos Enzo e Pedro, de 13 e 6 anos, por longas distâncias no Brasil e já foram até o Paraguai na kombi adaptada. "O espaço dá certinho para todos nós. Estamos em casa! É uma casinha mesmo. Tem tudo!", explica a matriarca, que é manicure e usa o veículo para trabalhar no dia a dia. Carmelita ensinou a tirar bolinhas do esmalte e a recuperar unha quebrada no programa.


Carmelita e Emílio criaram o projeto da Kombi (Foto: Raquel Gonzalez/Gshow)

O empresário lista algumas das vantagens de se ter um motorhome. "Temos o nossa há três anos e meio e o idealizamos pensando na economia, na aventura. Dá muito mais liberdade às viagens. São várias em uma só: a gente costuma ir por um caminho e voltar por outro. Vamos parando nas cidades, explorando, curtindo. A gente não fica engessado. Se gostamos, ficamos mais", Emílio explica.
A família Figueiroa, que mora em São Paulo, já foi a Caldas Novas (GO), Santa Catarina, Foz do Iguaçu (PR), Ponta Porã e Bonito (MS), no Brasil, e chegaram até o Paraguai. A viagem mais longa foi de 14 horas.


Mãe e filhos lanchando na Estrada Bonita, em Santa Catarina (Foto: Arquivo pessoal)

Dicas

O casal também tem dicas para quem pretende seguir a mesma ideia. Carmelita ressalta a economia que o motorhome proporciona: "A gente já estacionou em frente a um resort em Avaré (SP), debaixo de uma árvore e fizemos um day use. Ou seja: aproveitamos toda a estrutura de lazer e alimentação pela metade do preço. Não precisamos pagar pela estadia. É uma diferença muito grande só por não dormir em um hotel".

Emílio também divide sua experiência e indica: "Se você vir um posto de gasolina na estrada cheio de caminhoneiros, esse é o lugar certo pra parar. Se está cheio, é porque a comida, o combustível, a estrutura e a segurança são bons", completa.


Mãe e filhos lanchando na Estrada Bonita, em Santa Catarina (Foto: Arquivo pessoal)

fonte: gshow

 

 

 

 

 
veja notícias anteriores >>
 

GRAND TRAILER " Transformando seu Projeto em Realidade "


NegóciosWEB