Notícias do Turismo
 

 

Grupo que viaja pelo mundo de motorhome promove reuniões no RS
Eles são adeptos da vida sobre quatro rodas e amam viajar.
Motorhomes e trailers são bem equipados para viagens.



Um grupo de quase 600 sócios se reúne todo o mês no Rio Grande do Sul para partilhar uma paixão em comum: a vontade de viajar. São donos de trailers e motorhomes movidos pelo espírito aventureiro. Do Rancho Móvel, como é conhecida a turma, muitos deles partem para terras estrangeiras dentro das casas móveis, como mostra a reportagem do Jornal do Almoço (veja o vídeo acima).

Roseli Vianna é um exemplo. A aposentada conheceu outras quatro mulheres que, assim como ela, amam estar na estrada. Elas são vizinhas de camping e se encantaram com a beleza de diferentes países europeus.
“Fomos a Veneza, Áustria, Viena. Fomos até o Sul da Alemanha. A gente viu o pessoal esquiando, no meio do gelo, com o motorhome parado. É muito show”, relata.

Ladimir da Silva é outro integrante do grupo aventureiro. Aposentado há um ano e meio, alheio às convenções, ele tomou gosto pela vida sobre quatro rodas.

“A gente passou por uma vida bem regrada, com horários a cumprir, tudo bem estabelecido e, agora, acabamos neste momento conseguindo fazer o que se tem vontade”, destaca.

“É muito bom, né. Faz 30 anos que estou aposentado. Já conheço essas estradas todas no Brasil”, completa Cleto Hoch, militar aposentado.

Eles não vivem no improviso. As famílias montam a estrutura com o conforto de uma casa, com quarto, banheiro, sala e uma cozinha equipada com os principais eletrodomésticos usados no dia dia. Os espaços também são muito bem aproveitados. Uma mesa, por exemplo, é capaz de se transformar em uma cama, quando necessário.

“É colocar diesel no tanque, não precisar fazer reserva, malas. E não contar com o imprevisto de um hotel que está muito bonito na internet, mas que, chegando lá, tem cheiro de mofo no quarto e nada do que está sendo vendido está dentro daquele quarto”, pontua sobre as vantagens o aposentado Roberto Sosinski, presidente do Rancho Móvel, em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo.

Faz quase 40 anos que Roberto e a esposa percorrem o país com a casa diferente. A residência oficial está em Porto Alegre, mas, se dependesse deles, as paredes e vigas de concreto seriam trocadas de vez pela mobilidade do motorhome. “Se eu pudesse ficar fora, eu ficaria. Já propus ao Roberto, para alugarmos nossa casa e viver. Não dá agora”, diz Cenira.

Viver assim tem um preço. Um motorhome não sai por menos de R$ 200 mil. “Um espaço como esse basta para a gente ter alegria, ter companheirismo, amizade, saber se doar e para gente aprender a viver bem”, destaca a empresária Vera Silva.

Fonte: G1

 

 

 

 
veja notícias anteriores >>
 

GRAND TRAILER " Transformando seu Projeto em Realidade "


NegóciosWEB